logo





N.T.M. Creoula

 

​"O Creoula foi um bom pescador.
Mas a sua fama, todos o sabem, é por ser um bom veleiro.
Outros houve: o Santa Maria Manuela, o Argus, até o grandalhão
do Milena. Mas o Creoula, o Creoula sobreviveu-lhes e arriou
as velas no porto donde saíra, em 1937. Foram 37 campanhas
à pesca do bacalhau. Por mais de um século sulcaram os mares
tantos, tantos navios da pesca do bacalhau. E se o último veleiro
puro naufragou em 1958, não deixou de ser o Creoula a encerrar
o ciclo de navegação à vela."
Capitão Francisco Marques            

 
  


  

Marinha 2013, todos os direitos reservados


  Agenda




  Galeria